Ouça ao vivo
Ouça ao vivo
No ar agora

MULTIVERSOS: “Sonho Meu”, composição de Dona Ivone Lara e Délcio Carvalho

Isabella Oliveira
14:00 25.10.2023
Música

MULTIVERSOS: “Sonho Meu”, composição de Dona Ivone Lara e Délcio Carvalho

Oi, eu sou a Roberta Campos e te convido a entrar no MULTIVERSOS da canção “Sonho Meu”, uma composição de Dona Ivone Lara e Délcio Carvalho. ‘Sonho Meu’: algo de sonho que aconteceu Como conta Maria Bethânia, é uma história que tem algo de sonho, mas aconteceu. Em 1978, buscando canções para seu novo disco, conheceu Dona Ivone … Continued

Isabella Oliveira - 25.10.2023 - 14:00
MULTIVERSOS: “Sonho Meu”, composição de Dona Ivone Lara e Délcio Carvalho
Foto: Reprodução/Coleção Nelson Motta/Acervo MIS

Oi, eu sou a Roberta Campos e te convido a entrar no MULTIVERSOS🪐 da canção “Sonho Meu”, uma composição de Dona Ivone Lara e Délcio Carvalho.

“Sonho Meu”, de Dona Ivone Lara e Délcio Carvalho, foi lançada no disco “Álibe”, de Maria Bethânia | Foto: Reprodução/Coleção Nelson Motta/Acervo MIS

‘Sonho Meu’: algo de sonho que aconteceu

Como conta Maria Bethânia, é uma história que tem algo de sonho, mas aconteceu.

Em 1978, buscando canções para seu novo disco, conheceu Dona Ivone Lara na casa da violonista Rosinha de Valença.

Na saída, já caminhando para a porta, depois de ter mostrado alguns de seus sambas inéditos, Dona Ivone Lara cantarolou uma pequena melodia que atraiu a atenção da baiana.

Já então lendária compositora, primeira mulher a ser aceita na ala de compositores de uma escola de samba (a Império serrano), explicou que aquele era apenas um trecho, só tinha seus versos iniciais e o refrão:

“Sonho meu, sonho meu, vai buscar quem mora longe, sonho meu”.

Foi o suficiente para Bethânia ficar encantada.

No mesmo dia, assim que chegou em casa, Dona Ivone ligou para o parceiro Délcio Carvalho e o chamou para completar o samba que iria se tornar um dos maiores sucessos daquele ano.

Dueto de Maria Bethânia e Gal Costa

Gravado semanas depois num dueto com Gal Costa, “Sonho Meu” brilhou no álbum “Álibi”, de Maria Bethânia e logo caiu na boca do povo, como um samba romântico e apaixonado, mas que te na letra também um viés politico, em referencia cifrada aos muitos exilados que só puderam voltar ao Brasil após a Lei da Anistia promulgada em agosto de 1979.

O sucesso também abriu as portas para Dona Ivone, que havia se aposentado como enfermeira especializada.

Graças a “Sonho Meu”, assinou um contrato para gravar seu primeiro disco solo “Samba, minha verdade, minha raiz “e pôde se dedicar de corpo e alma a carreira de compositora.

Confira o Multiversos dessa e outras canções:

Letra de “Sonho Meu”, de Dona Ivone Lara e Délcio Carvalho

Sonho meuSonho meuVai buscar quem mora longeSonho meu
Sonho meuSonho meuVai buscar quem mora longeSonho meu
Vai mostrar esta saudadeSonho meuCom sua liberdadeSonho meu
No meu céu a estrela-guiaSe perdeuA madrugada fria só me traz melancoliaSonho meu
Sinto o canto da noite na boca do ventoFazer a dança das flores no meu pensamento
Traz a pureza de um sambaSentido, marcado de mágoas de amorUm samba que mexe o corpo da genteE o vento vadio embalando a flor
Traz a pureza de um sambaSentido, marcado de mágoas de amorUm samba que mexe o corpo da genteE o vento vadio embalando a flor
Sonho meuSonho meuSonho meuVai buscar quem mora longeSonho meu

Tags relacionadas

dona ivone lara história da canção história da música Maria Bethania MPB Multiversos sonho meu
< Notícia Anterior

Clarice Lispector: entenda sua relação com a Ucrânia e com o Brasil

25.10.2023 12:00
Clarice Lispector: entenda sua relação com a Ucrânia e com o Brasil
Próxima Notícia >

Agenda Cultural: confira série de eventos que acontecem em outubro e novembro 

25.10.2023 15:00
Agenda Cultural: confira série de eventos que acontecem em outubro e novembro 
© 2024 - novabrasil - Todos os direitos reservados
Com inteligência e tecnologia: PYXYS - Reinventing Media Business