Acervo MPB: Vanessa da Mata

Por: Novabrasil
12 de outubro de 2021

– Vanessa da Mata é uma das principais cantoras e compositoras da MPB da atualidade.

– Com mais de 20 anos de carreira, lançou nove álbuns e dois DVDs, além de atuar também como escritora, tendo lançado o seu primeiro livro em 2013.

– Nascida em 1976, na cidade de Alto das Graças, no interior do Mato Grosso, Vanessa é uma apaixonada por música desde a infância e ouvia diversos ritmos musicais, de Luiz Gonzaga a Tom Jobim, de Milton Nascimento a Orlando Silva, passando por ritmos regionais como o carimbó e a música caipira, apreciando o samba e até música italiana.

– Em 1990, muda-se para Uberlândia, em Minas Gerais, com o intuito de estudar para o vestibular de Medicina, mas também para dedicar-se à carreira musical. No ano seguinte, com 15 anos, passa a se apresentar em bares da cidade, com um repertório que mesclava MPB e reggae.

Vanessa e o grupo que fazia parte, o Shalla-Ball

– Aos 16 anos, em 1992, desiste do vestibular para Medicina e muda-se para São Paulo, passando a integrar a banda de reggae feminina Shalla-Ball.

– Em 1995, entra para a banda jamaicana Black Uhuru e, com ela, viaja se apresentando em diversos países do mundo. Passa a integrar também o grupo de ritmos regionais Mafuá. Nesta época, Vanessa também trabalha como modelo e joga basquete.

– 1997 é um ano divisor de águas na carreira de Vanessa da Mata. Ela, então com 21 anos, conhece o cantor e compositor Chico César e passa a compor em parceria com ele.

– Em 1999, a já consagradíssima cantora Maria Bethânia grava a composição de Vanessa da Mata e Chico César, A Força Que Nunca Seca. A canção dá nome ao disco de Bethânia, que é indicado ao Grammy Latino do ano seguinte, como Melhor Álbum de Música Popular Brasileira. Chico César também inclui a canção em seu disco Mama Mundi, do mesmo ano.

– Em 2000, outra baiana consagrada – Daniela Mercury – inclui a canção Viagem, composta por Vanessa, no seu disco Sol da Liberdade.

– Em 2001, Maria Bethânia grava mais uma vez uma composição de Vanessa da Mata, no disco Maricotinha: a canção é O Canto De Dona Sinhá (Toda Beleza Que Há).

– Ainda em 2001, em parceria com a cantora Ana Carolina, Vanessa ainda compõe a canção Me Sento na Rua, do CD Ana Rita Joana Iracema e Carolina, de Ana Carolina.

– Até este momento, o Brasil estava conhecendo uma grande e talentosa compositora. Mas foi em 2002, que Vanessa da Mata consagrou-se também como cantora e intérprete, quando – após destacadas participações em shows de Milton Nascimento, Maria Bethânia e de Baden Powell – lança o seu álbum de estreia: Vanessa da Mata.

Este conteúdo continua aqui.

Quer escutar este acervo e de outros artistas? Confira a primeira temporada do podcast Acervo MPB.

ACERVO
 

DESTAQUES | PODCASTS