Hoje é aniversário de um dos grandes nomes da música popular brasileira: Ivan Lins!

Além de excelente cantor e pianista, Ivan é um dos melhores compositores da nossa história, tendo sido gravado pelos principais artistas da MPB, entre eles Elis Regina, Gal Costa, Simone, Zizi Possi e Emílio Santiago.

Influenciado por gêneros musicais diversos como o jazz, o pop norte-americano, a bossa nova, o samba e o soul, tornou-se conhecido do grande público quando começou a participar dos festivais de música brasileira do fim dos anos 60, conquistando o Brasil e o mundo com suas canções. 

Foto : Reprodução Ivan Lins

Em 1970, Ivan Lins ficou em segundo lugar no 5º Festival Internacional da Canção, da Rede Globo, com a música O Amor é o Meu País (parceria com Ronaldo Monteiro de Souza). No mesmo ano, Elis Regina lança um dos maiores sucessos da sua carreira, Madalena, também composição de Ivan e Ronaldo. Era o início de uma consagrada trajetória construída por Ivan Lins dentro da música brasileira e primeiro de muitos clássicos que vieram depois.

Além disso, o artista carioca é também um dos compositores brasileiros mais gravados no exterior, tendo tido canções registradas nas vozes de Ella Fitzgerald, Sarah Vaughan, George Benson, Sting, Diana Krall, Barbra Streisand e Quincy Jones.

Ao longo de sua carreira, compôs mais de 600 canções sozinho ou em parceria com outros compositores – entre eles o letrista Vítor Martins, parceiro mais constante. Escreveu mais de 90 trilhas para filmes e novelas, ganhou diversos prêmios importantes – entre eles, foi o primeiro e único brasileiro a vencer a categoria Melhor Álbum do Ano, no Grammy Latino, em 2005 (com o disco Cantando Histórias) – além de ter sido indicado a um Grammy Awards, a maior premiação da música mundial.

Entre seus maiores sucessos estão: Começar de Novo, Um Novo Tempo, Depende de Nós, Vitoriosa, Lembra de Mim, Somos Todos Iguais Nesta Noite, Cartomante, Aos Nossos Filhos e Desesperar Jamais, todas em parceria com Vítor Martins.

Um salve ao grande Ivan Lins, que nos mostra – em cada uma de suas canções – como “a vida pode ser maravilhosa”!