No último dia 17 de junho, dois dias antes de completar 78 anos, Chico Buarque lançou o seu primeiro single inédito em cinco anos: o político e cheio “de categoria” Que Tal Um Samba?.

A canção, lançada pela gravadora Biscoito Fino, traz a participação luxuosa de Hamilton de Holanda no bandolim e uma alegre e esperançosa letra que chega literalmente pra “virar o jogo”, “juntar os cacos” e “remediar o estrago”, “depois de tanta derrota”, tanto sofrimento e “tanta mutreta” que temos vivido nos últimos tempos como país, sociedade e nação.

Que Tal Um Samba? é também o nome da nova turnê nacional de Chico Buarque, anunciada junto com o single, que tem início no dia 6 de setembro, em João Pessoa, e já conta com onze cidades confirmadas. Além da banda que sempre o acompanha, Chico receberá no palco uma convidada especial: a cantora Mônica Salmaso, que fará com ele alguns duetos e também interpretará números solos.

O último álbum de músicas inéditas de Chico Buarque, Caravanas, foi lançado há cinco anos, em 2017. Nos últimos tempos, Chico dedicou-se quase que integralmente à literatura e publicou o romance Essa Gente e o livro de contos Anos de Chumbo, em que fala sobre a situação atual política e social do país.

Quando pegou o violão e começou a dedilhar para voltar a compor, Chico Buarque começou a se lembrar de sambas antigos como Que Samba Bom, de Geraldo Pereira, sucesso na voz de Blecaute no carnaval 1949; e Feitio de Oração, de Vadico e Noel Rosa.

Foi daí que começou a nascer Que Tal Um Samba?, que – como descreve a gravadora Biscoito Fino – trata-se de: “Um samba novo enfim, diferente de todos os outros que já fez, mas no mesmo espírito que baixa sempre quando o compositor de ‘Tem mais samba’, de ‘Apesar de você’, de ‘Vai passar’, de ‘De volta ao samba’ parece ter algo importante a notar e a dizer. Como sempre, nessas ocasiões importantes, em forma de samba.”.

É, parece que Chico Buarque de Holanda voltou com tudo, sendo Chico Buarque de Holanda! Será que vem disco por aí? A gente torce que sim!

Confira a letra completa da canção e o lyric vídeo publicado no perfil da gravadora Biscoito Fino:

 

 

QUE TAL UM SAMBA?

 

Um samba

Que tal um samba?

Puxar um samba, que tal?

Para espantar o tempo feio

Para remediar o estrago

Que tal um trago?

Um desafogo, um devaneio

 

Um samba pra alegrar o dia

Pra zerar o jogo

Coração pegando fogo

E cabeça fria

Um samba com categoria, com calma

 

Cair no mar, lavar a alma

Tomar um banho de sal grosso, que tal?

Sair do fundo do poço

Andar de boa

Ver um batuque lá no cais do Valongo

Dançar o jongo lá na Pedra do Sal

Entrar na roda da Gamboa

 

Fazer um gol de bicicleta

Dar de goleada

Deitar na cama da amada

Despertar poeta

Achar a rima que completa o estribilho

 

Fazer um filho, que tal?

Pra ver crescer, criar um filho

Num bom lugar, numa cidade legal

Um filho com a pele escura

Com formosura

Bem brasileiro, que tal?

Não com dinheiro

Mas a cultura

 

Que tal uma beleza pura

No fim da borrasca?

Já depois de criar casca

E perder a ternura

Depois de muita bola fora da meta

 

De novo com a coluna ereta, que tal?

Juntar os cacos, ir à luta

Manter o rumo e a cadência

Esconjurar a ignorância, que tal?

Desmantelar a força bruta

Então que tal puxar um samba

Puxar um samba legal

Puxar um samba porreta

Depois de tanta mutreta

Depois de tanta cascata

Depois de tanta derrota

Depois de tanta demência

E de uma dor filha da puta, que tal?

Puxar um samba

Que tal um samba?

Um samba