Hoje, 23 de julho, Flávio Venturini, um dos grandes nomes da nossa música popular brasileira, completa 73 anos!

O cantor, compositor, tecladista e pianista de Belo Horizonte iniciou seus estudos musicais aos 15 anos, primeiro com o acordeom e – depois – partiu para o piano.

Começou a sua carreira nos anos 1970, quando – já participava de grandes festivais de música – e passou a integrar um dos maiores e mais importantes movimentos da música popular brasileira, Clube da Esquina, ao lado de Milton Nascimento, e outros artistas mineiros como Lô Borges e Beto Guedes.

A sonoridade inovadora do Clube da Esquina trazia a fundição das inovações propostas pela Bossa Nova com elementos do jazz, do rock (principalmente dos ingleses The Beatles), da música folclórica, da música regional mineira, erudita e hispânica. Essas influências permeiam todo o trabalho musical do Clube: desde a composição, aos arranjos, às letras, processos de gravação em estúdio e shows.

Logo, eles se tornam referência de qualidade na MPB, pelo alto nível de sua performance, e por disseminar suas inovações e influência nacional e internacionalmente. No disco Clube da Esquina II, está presente a canção Nascente, de Venturini em parceria com Murilo Antunes.

Flávio foi também tecladista, vocalista e compositor da banda de rock progressivo O Terço por três anos, antes de formar o grupo 14 Bis, em 1979, apadrinhado por Milton Nascimento. Com a banda, lançou – entre outros – os grandes sucessos: Linda Juventude e Planeta Sonho (ambas em parceria com Márcio Borges), Todo Azul do Mar e Princesa (parcerias com Ronaldo Bastos), Espanhola (com Guarabyra), e Mais Uma Vez (com Renato Russo).

Em 1989, Venturini segue para uma carreira solo de sucesso, em que compôs grandes clássicos como as canções: Noites com Sol (parceria com Ronaldo Bastos) e Besame (com Murilo Arantes), além da clássica adaptação e arranjo de sua autoria para a canção Céu de Santo Amaro, inspirada na melodia de J. Sebastian Bach.

Sua rica obra como compositor foi gravada por diversos artistas importantes da MPB, como Leila Pinheiro, Jane Duboc, Emílio Santiago, Simone, Milton Nascimento, Nana Caymmi e Beto Guedes.

Viva o grande Flávio Venturini!