Há exatos 33 anos, dizíamos adeus uma das maiores cantoras que este Brasil já viu: Nara Leão.

Conhecida como a Musa da Bossa Nova, Nara foi uma das precursoras do movimento de renovação do samba iniciado por um grupo de jovens músicos de classe média – entre eles João Gilberto (considerado o Pai da Bossa Nova, por introduzir a nova batida ao violão e o jeito mais suave de cantar), Roberto Menescal, Ronaldo Bôscoli e Carlos Lyra – que se encontravam em apartamentos da Zona Sul carioca, entre eles, o apartamento de Nara, no início dos anos 60.

Foto: Reprodução | Enciclopédia Itaú Cultural

Mas Nara Leão foi muito além da Bossa Nova. Rompeu com o movimento quando parte dele foi contra as inovações na música trazida pelas guitarras da Jovem Guarda e do Tropicalismo, uniu-se aos tropicalistas no disco de lançamento do novo movimento – em 1968 – transitou por várias vertentes da música brasileira, aproximou-se do poetas do morro e do samba de raiz e foi uma das cantoras que mais posicionava-se politicamente, lutando contra o regime militar e a realidade social do nosso país.

Nara foi responsável por lançar muitos novos compositores e também por resgatar compositores já consagrados, transformando tudo o que gravava em um sucesso estrondoso. Cantou de Tom e Vinícius a Zé Keti, de Chico Buarque a Cartola, de Roberto Menescal a Nelson Cavaquinho, de Caetano Veloso a Fagner, de Carlos Lyra a Dominguinhos.

Nara nos deixou cedo, aos 47 anos, vítima de um tumor maligno no cérebro, no dia 07 de junho de 1989. Mas isso não a impediu de fazer história como uma das maiores representantes da nossa música popular brasileira.

Entre os principais sucessos em sua voz estão as canções: Diz Que Fui Por Aí (Zé Keti e Hortêncio Rocha), João e Maria (Chico Buarque e Sivuca), A Banda (Chico Buarque), Opinião (Zé Keti), O Barquinho (Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli), Este Seu Olhar (Tom Jobim), Além do Horizonte (Roberto e Erasmo Carlos), O Circo (Sidney Miller) e Insensatez (Tom Jobim e Vinicius de Moraes).

Viva o canto livre, eterno e fascinante de Nara Leão!

 

Leia mais sobre a cantora:

05 Datas comuns para Elis Regina e Nara Leão