Enriquecimento Ambiental para pets: Confira como deixar o ambiente mais interativo

Olá, AU-migos! Está é a nova coluna da Novabrasil, o AUDIO-CARAMELO – o espaço dedicado aos nossos melhores amigos, os pets. Toda segunda-feira, no Mesa pra Dois, eu, Kathi Drisner, Educadora e Comportamentalista Canina, vou trazer dicas, curiosidades e informações importantes para deixar a vivência da sua ou seu tutorado. Nesta semana, vamos falar sobre Enriquecimento Ambiental para pets.

No ‘AUDIO-CARAMELO’ da semana, Kathi Drisner fala sobre Enriquecimento Ambiental para pets.

O enriquecimento ambiental (EA) é uma estratégia usada para aumentar a complexidade do ambiente em que um animal vive, para tornar esse ambiente mais dinâmico, desafiador e interativo.

É indicado para os animais que não são livres na natureza, como nossos pets de estimação, com o propósito de direcionar e estimular o animal a apresentar comportamentos que são naturais da espécie, elevando assim a sua qualidade de vida e bem-estar animal.

É comprovado que quando inserimos EA na rotina dos nossos animais ajudamos a previnir problemas de comportamentos e possiveis transtornos mentais causados pelo ocio e por uma rotina monótona. 

O Enriquecimento Ambiental para pets pode ser classificados em cinco categorias, são elas:

  • Físico: Que envolvem coisas físicas, como mobíliarios, ou coisas que vamos colocar na casa, como, prateleiras, arranhadores, tocas.
  • Sensorial: Tudo que provoca e aguça os 5 sentidos, como músicas relaxantes, odores positivos, estímulos visuais, novos sabores e texturas, pisar e conhecer novas superficíes.
  • Alimentar: O EA alimentar é um dos mais comuns que se a gente ouve falar por ai. Estudos científicos já comprovaram que os animais são mais felizes quando eles têm que trabalhar para comer do que quando recebem a comida de graça. Então oferecer a alimentação de forma mais interativa e desafiadora ao inves de oferecer sempre no mesmo pote, do mesmo jeito, com certeza vai deixar seu amigo muito feliz. 
  • Cognitivo: Proporcionar estímulos cognitivos muitas vezes envolve os outros tipos juntos, mas podemos chamar de cognitivo, sempre que o animal tem que pensar, resolver, lidar ou aprender algo novo. Treinos de comportamento, tirar a comida de algum brinquedo, jogos estruturados, são infinitas possibilidades.
  • Social: é quando adicionamos novas interações sociais positivas na vida do nosso animal, conhecer novos ambientes, outras espécies e animais, novas pessoas, brincar e socializar bastante e sempre de forma equilibrada e prazerosa.

Então desafie seu gato, desafie seu cão e proporcione o máximo de enriquecimento ambiental possível na vida de seus animais. Com certeza eles serão mais saudáveis ​​e felizes. 

E aí, tem alguma dúvida sobre o assunto?

Manda pra gente no @novabrasilfm ou para @kathidrisner no Instagram que eu respondo.

BEIJOS, ATÉ MAIS!