Eduardo, personagem que fazia parte da canção de Renato Russo, era ingênuo e pouco dado aos estudos. Já Mônica, preparava-se para ser médica e era bem mais velha. No entanto, as figuras que inspiraram o artista a compor essa canção “Eduardo e Mônica” não eram bem assim, apesar do casal da letra existir mesmo.

A música, lançada no ano de 1986 e, agora, adaptada até para o cinema, tomou inspiração no relacionamento de uma grande amiga de Renato Russo, a artista plástica Leonice de Araújo Coimbra e o marido Fernando Coimbra. 

Ao longo da matéria, você conhecerá melhor sobre a carreira de um dos clássicos da música popular brasileira (MPB): a Legião Urbana, além de ver algumas curiosidades sobre a banda e a letra da música “Eduardo e Mônica” que passou a ser obra cinematográfica. Continue a leitura!

Legião Urbana | Foto: Ricardo Junqueira.

Conheça a carreira de Legião Urbana

A história da banda se iniciou em um cenário punk em Brasília, no final dos anos 70, antes mesmo da banda se formar de verdade. 

O primeiro show da banda, em Minas Gerais no festival Rock no Parque, ocorreu na cidade de Patos, em 1982 e na primeira formação eram: Renato Russo, Marcelo Bonfá, Paulo Paulista e Eduardo Paraná. 

Após o show, Paulo Paulista e Eduardo Paraná deixaram o grupo. No entanto, eles foram substituídos por Ico Ouro Preto, que também não se adaptou bem e foi substituído por Dado Villa-Lobos.  Enfim, a banda assumiu sua formação clássica com esses integrantes. 

O baixista Renato Rocha ingressou na banda pouco antes da gravação do primeiro álbum. Ele foi convidado a assumir o baixo depois que Renato Russo tentou o suicídio, incapacitando temporariamente seu pulso esquerdo. 

Em seu segundo álbum, a banda Legião Urbana encontrou seu estilo definitivo: uma mistura de hardcore com pop rock e folk, cheio de letras líricas e profundidade política. 

Após o sucesso da banda, em 1987 eles fizeram um grande show no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, vendendo 50 mil ingressos. Era para ser uma festa, mas acabou em tragédia: a falha organizacional fez com que a apresentação fosse atrasada em mais de uma hora, causando um alvoroço na platéia.

Dois anos após o incidente, Legião Urbana voltou ao estúdio para gravar seu quarto álbum, “As Quatro Estações”. Em 1995, o último clássico da Legião Urbana aconteceu na cidade de Santos, São Paulo e no ano seguinte, o álbum final da banda foi lançado: “A Tempestade Ou O Livro Dos Dias”.

Curiosidades sobre Legião Urbana

Agora que você já conheceu um pouco melhor sobre a história de carreira da banda Legião Urbana, confira algumas curiosidades de um dos maiores nomes da música popular brasileira:

1. Primeira Apresentação

A primeira apresentação da banda Legião Urbana ocorreu no ano de 1982, em Minas Gerais. O grupo foi uma das atrações da Festa Nacional do Milho.

2. Álbum “As Quatro Estações”

Este, por sua vez, é o nome do álbum lançado em 1989, o disco de maior venda do grupo, superando a marca de 1 milhão de cópias vendidas.

3. Música preferida do Legião Urbana para Renato Russo

A música predileta de Renato Russo da banda é o sucesso “Giz”, do disco “O Descobrimento do Brasil”.

4. Urbana Legio Omnia Vincit

Essa frase, traduzida do latim por “Legião Urbana vence a todas as coisas”, está em quase todos os álbuns da banda. A frase não é nada mais que uma adaptação da frase do imperador Júlio César: “Romana Legio Omnia Vincit”.

5. Último show da Legião Urbana

O último show da banda foi realizado no dia 14 de janeiro de 1995 e ocorreu na cidade de Santos (SP), na casa Reggae Night.

O sucesso de ‘Eduardo e Mônica’ de Legião Urbana

Agora que conhecemos sobre a banda e algumas curiosidades sobre ela, confira, abaixo, os motivos do sucesso da música da banda Legião Urbana:

A origem da música

Para a composição da canção “Eduardo e Mônica”, Renato Russo se inspirou na história do casal de amigos de longa data, Fernando Coimbra e Leonice de Araújo.

O artista conheceu o casal na Universidade de Brasília, nos anos 80, quando ainda estavam no início do relacionamento. 

Renato manteve uma forte amizade com o casal até sua morte, em 1996. Mesmo com suas liberdades artísticas, o artista se inspirou na trajetória do casal para criar essa canção de sucesso que, mais tarde, passou a ser adaptada para os cinemas. 

No entanto, certas características de Fernando e Leonice influenciaram na trama do filme, mas nem todas as características eram verdadeiras.

Filme sobre “Eduardo e Mônica”

Após longa espera, o filme finalmente estreou nos cinemas brasileiros, gravado em 2018, o filme tinha previsão de lançamento para 2020, mas acabou sofrendo com diversos problemas de atrasos e adiantamentos, sendo lançado em 20 de janeiro de 2022.

Agora você sabe de onde vem a origem do filme, baseado na inesquecível música da banda Legião Urbana, “Eduardo e Mônica”. Mas ainda pouca gente conhece a real história de inspiração para a canção. 

Eduardo é um adolescente tímido que está se preparando para prestar vestibular, ele conhece Mônica em uma festa, mas é uma mulher mais velha e termina seus estudos de medicina, enquanto se dedica às artes plásticas. Vários obstáculos aparecem para separar os dois, mas eles se encontram e se apaixonam. 

Em uma entrevista com a revista Flashback, no ano de 2004, Leonice confirmou ser parte da inspiração da canção de Renato Russo, mas alega que nem todos os aspectos da música são verdadeiros.

Ao longo da matéria, você conheceu melhor sobre a carreira de um dos clássicos da música popular brasileira (MPB): a Legião Urbana. Além disso, você conferiu algumas curiosidades sobre a banda e a letra da música “Eduardo e Mônica”, que passou a ser obra cinematográfica.

Gostou do conteúdo sobre a bela canção “Eduardo e Mônica”? Se você é amante da música popular brasileira e deseja estar por dentro dos sucessos da MPB, não deixe de acompanhar a NovaBrasil FM, a emissora de rádio voltada para a música popular brasileira do jeitinho que você ama!

Conheça a origem da música ‘Eduardo e Mônica’ de Legião Urbana