Houve um tempo em que a música popular brasileira esteve em uma espécie de “pause”. Os fãs ouviam os mesmos cantores sempre sendo que muitos desses artistas já estavam aposentados e nem lançavam mais músicas. O que aconteceu foi que o MPB se ressignificou e ganhou vários outros artistas do gênero que fazem muito sucesso. Nesse cenário, acontece na música um Encontro de Gerações, em que artistas com mais tempo de caminhada contribuem para um artista iniciante.

A realidade política e as transformações da sociedade no que diz respeito a sentimentos e a relações fez com que o MPB mudasse um pouco, o que foi bastante positivo para a popularização dessa música em meio aos jovens. A música popular brasileira surgiu praticamente junto ao Brasil, com influências de bossa nova e derivação da poesia cantada. Hoje, temos Jão, Anavitória, Silva, a banda Melim, Tiago Iorc, Duda Beats e outros entre os cantores da nova geração do MPB.

Silva e Marisa Monte, Caetano e Anitta e Jão e Nando Reis, respectivamente
Silva e Marisa Monte, Caetano e Anitta e Jão e Nando Reis, respectivamente. | Foto: Divulgação/montagem.

Nando Reis e Jão

A colaboração entre Nando Reis, um artista de muita história dentro da música brasileira, ex membro do titãs (uma das maiores bandas de rock do Brasil) e Jão, um artista consideravelmente iniciante mas que já carrega uma legião de fãs por onde passa, se deu a partir de uma canção chamada “Sim”, que foi composta pelo próprio Nando Reis e gravada anteriormente pelo cantor.

Dessa forma, a música ganhou uma nova interpretação, dessa vez, com os dois artistas juntos. O público gostou muito do resultado e Jão comentou em sua apresentação no último Lollapalooza o quanto Nando foi querido com ele. Você também confere ‘Sim’ na programação da NovaBrasil.

Anavitória e Rita Lee

Essa parceria ocorreu devido a uma música da dupla Anavitória que teve a voz e a participação de Rita Lee. O nome da canção é “Amarelo, Azul e Branco” e foi composto por Ana Caetano e Vitória Falcão, que são as integrantes do Anavitória. Essa música está no álbum da dupla chamado “Cor”, que foi lançado no primeiro dia de janeiro de 2021.

O álbum todo fez muito sucesso, mas essa música, especialmente, foi um verdadeiro estouro. Nas redes sociais, as pessoas fizeram vídeos com esse som no fundo que viralizaram rapidamente.

Homenagem de Jão a Cazuza

Infelizmente Cazuza faleceu em 1990 e, por isso, não foi possível realizar essa parceria entre ele e Jão através de uma canção ou de, quem sabe, um álbum todo. Entretanto, Jão, reconhecendo o tamanho da herança cultural deixada por Cazuza à população brasileira, resolveu fazer uma homenagem ao artista em um show em que a mãe de Cazuza estava presente na plateia. Além disso, Jão já gravou “Codinome Beija-Flor” e “O Tempo Não Para”, músicas que ficaram famosas na voz de Cazuza.

Lulu Santos e Luísa Sonza

Luísa Sonza não é uma cantora conhecida popularmente pelo gênero MPB, mas sim pelo funk carioca. Entretanto, a verdade é que a cantora teve sim muitas inspiração da música popular brasileira, tanto que no início de carreira ela fazia vários vídeos de covers para a internet desse gênero. O seu último álbum, DOCE22, teve muita influência do MPB e, com isso, veio a parceria com Lulu Santos em uma das faixas, que tem o nome de “também não sei de nada :D”, que foi escrita pela própria Luísa, por Nave e por Vitão.

Anitta e Caetano

A Anitta é, sem sombra de dúvidas, uma das artistas mais completas e mais bombadas do Brasil. A sua música faz tanto sucesso que alcança territórios internacionais e a cantora já é conhecida mundialmente. Assim como Luísa Sonza, ela não é conhecida pelo MPB, mas, no álbum “Kisses”, a cantora ganhou a participação de Caetano Veloso em uma das faixas, que levou o nome de “Você Mentiu”.

Gilberto Gil e Os Gilsons

Os Gilsons é uma banda que tem bastante influência do MPB, com um pouco de pop e até umas batidas de reggae em suas músicas e que vêm fazendo bastante sucesso dos últimos anos para cá. O que quase ninguém sabe é que a banda é composta por alguns filhos e netos do Gilberto Gil, um dos maiores cantores da história brasileira. O encontro dos dois aconteceu no Coala Festival de 2020, em que eles fizeram um show completo juntos.

Melim e Djavan

O encontro de Melim, uma banda de MPB formada por três irmãos e Djavan, um cantor já muito famoso e prestigiada na música brasileira, veio de forma semelhante a de Jão e Nando Reis. A banda regravou junto com o cantor uma música famosa e belíssima que já era de Djavan, chamada “Outono”, composta por ele próprio. A participação foi para o álbum “Deixa Vir do Coração”, do Melim, lançado em 2021.

Anavitória e Nando Reis

O encontro de Anavitória e Nando Reis foi super completo: eles gravaram um álbum inteiro juntos. O álbum em questão foi gravado ao vivo e reúne algumas canções do cantor e compositor Nando Reis na voz dele e da dupla Anavitória. O álbum conta com um total de três músicas: “Relicário”, “Luz dos Olhos” e “Para Você Guardei o Amor”, a coletânea recebeu o nome de “NANDO REIS E ANAVITÓRIA JUNTOS (ao vivo).

Silva e Marisa Monte

A parceria de Silva e Marisa Monte aconteceu por meio de um álbum lançado pelo cantor que recebeu o nome de “Silva Canta Marisa”, como o nome sugere, a coletânea reuniu canções de Marisa Monte cantadas pela voz do cantor Silva. Em uma das faixas, há a participação vocal da cantora, a música em questão se chama “Noturna, Nada de Novo na Noite”, e foi escrita pela própria Marisa, pelo cantor Silva e por Lucas Silva.

Milton Nascimento e Tiago Iorc

O Encontro de Gerações da vez ficou na mão de Milton Nascimento, grande cantor e compositor da música brasileira, e Tiago Iorc, um artista de MPB da nova geração que está em ascensão, construindo sua própria carreira histórica. A parceria se deu a partir de uma música chamada “Mais Bonito Não Há”, escrita pelos dois. Essa canção apareceu na série Orgulho e Paixão, que passou na Rede Globo.