Sandra de Sá, Gal Costa e Rita Benneditto. Além de serem grandes artistas, você sabe o que elas têm em comum? Essas três cantoras mudaram seus nomes artísticos ao longo da trajetória na música. Além delas, outros artistas brasileiros também tiveram a mesma atitude.

Neste artigo, vamos mostrar quais são os artistas que mudaram de nome. Vamos aproveitar também para falar sobre a importância do nome artístico na carreira de um cantor, ator ou pessoa conhecida. Confira.

Conheça agora 10 artistas brasileiros que mudaram seu nome para ter um nome artístico diferente e impactante.

Sandra de Sá e Gal Costa
Sandra de Sá e Gal Costa. | Foto: Reprodução/Divulgação Instagram.

Gal Costa

Maria das Graças Penna Burgos, hoje conhecida como Gal Costa, é uma das vozes mais ousadas e bonitas da MPB. Quando estreou nos palcos com o espetáculo Arena Canta Bahia, ao lado de Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gilberto Gil e Tom Zé, a cantora ainda usava o nome de batismo.

Gal Costa é uma das artistas que mudou de nome
Gal Costa é uma das artistas que mudou de nome. | Foto: Reprodução.

Porém, o nome Maria das Graças era usado somente na sua identidade, porque todas as pessoas a chamavam pelo apelido “Gau”. Por achar o nome comum e sem impacto, a cantora decidiu aderir ao seu apelido como nome artístico. No seu primeiro LP, dividido com Caetano, aparecia apenas como Gal. Mas depois, no seu disco de 1968, surgiu Gal Costa.

Jorge Ben Jor

Até o ano de 1986, Jorge Ben Jor assinou seus 22 discos como Jorge Ben. A primeira mudança foi em 1989, para Jorge Benjor, mas logo depois a grafia do nome foi modificada para Jorge Ben Jor. O que se acredita é que essa segunda mudança foi feita por um crença na numerologia ou também pelo desejo de investir na carreira internacional e não ser confundido com o norte-americano George Benson.

Baby do Brasil

Até 1978, enquanto fez parte do grupo Novos Baianos, Bernadete Dinorah usou o nome Baby Consuelo. Depois que o grupo terminou e a cantora decidiu seguir carreira solo, ela decidiu se chamar Baby Brasil, após uma passagem pelo exterior. Ao tornar-se evangélica, virou Baby de Jesus, mas voltou atrás logo depois para Baby do Brasil.

Sandra de Sá

No concurso MPB 80, em que classificou a música Demônio Colorido, Sandra de Sá era conhecida como Sandra Sá. A inclusão da preposição “de” veio após sete discos. No álbum Sandra!, de 1990, o seu nome aparece grafado como Sandra de Sá pela primeira vez e assim é, até hoje.

Titãs

A banda Titãs começou se chamando Titãs do lê-lê, em provocação aos precursores da Jovem Guarda. Porém, os radialistas insistiam em colocar um terceiro “lê” no final do nome da banda, o que levou o grupo a enxugar o nome e ser apenas Titãs.

O grupo Titãs se chamava Titãs do lê-lê
O grupo Titãs se chamava Titãs do lê-lê. | Foto: Reprodução.

Kid Abelha

A banda Kid Abelha e os Abóboras Selvagens começou na música brasileira como um quarteto: Paula Toller, Leoni, George Israel e Bruno Fortunato. Em 1986, Leoni deixou o grupo e, logo depois, o trio passou a se chamar apenas Kid Abelha.

Jota Quest

O nome da banda Jota Quest nem sempre foi esse. No início, inspirado pelo desenho Jonny Quest, o primeiro nome dado a banda era J.Quest, com o detalhe para a pronúncia em inglês. Porém, quando os músicos tentaram registrar a marca em 1995, a empresa americana Hanna-Barbera alegou conflito com o desenho animado. Para fugir de problemas processuais, o nome da banda foi alterado para Jota Quest.

É o Tchan!

A banda Gera Samba precisou mudar seu nome para É o Tchan, pois havia uma banda de menor sucesso com o mesmo nome e que possuía a marca registrada.

Natiruts

A banda de reggae Natiruts começou a carreira sendo Nativus e estourou sucessos como Presente de Beija-Flor e Liberdade para Dentro da Cabeça. Ao ter seu pedido de registro negado pelo INPI, devido a uma ação judicial em conjunto com a banda catarinense Os Nativos. Por isso, eles precisaram mudar o nome para Natiruts.

Rita Benneditto

A cantora maranhense assinou seus seis álbuns como Rita Ribeiro, até 2012. Durante a feitura do espetáculo Tecnomacumba, ela passou a adotar o nome Rita Benneditto, o que inicialmente foi justificado por razões místicas. Porém, depois ficou esclarecido que a mudança envolvia uma dificuldade em registrar o antigo nome como marca.

Rita Ribeiro mudou seu nome para Rita Benneditto
Rita Ribeiro mudou seu nome para Rita Benneditto. | Foto: Reprodução.

Importância do nome artístico

Se você é um artista, você precisa registrar sua marca. O registro de marca é a única forma de proteger o seu nome legalmente, evitando plágios de concorrentes. Para assegurar a importância desse ato, existe um órgão que regulamenta o registro de marcas no Brasil: Instituto Nacional de Propriedade Cultural (INPI).

Separamos 3 motivos que demonstram a importância do artista registrar sua marca, ou seja, seu nome artístico. Confira quais são:

Direito de exclusividade do seu nome

O nome artístico e o nome da banda são as marcas do artista, por isso precisam ser registrados. Ter a marca registrada garante o direito de exclusividade. Assim, você não corre risco de outras pessoas no território nacional utilizarem o mesmo nome que você. Além disso, esse direito de exclusividade também impede que a comercialização de produtos com a sua marca ou realizem outros tipos de uso indevido

Garantia de segurança

Registrando sua marca você também garante a segurança dela. Afinal, se você começar sua carreira com um nome artístico e não registrar, outra pessoa pode começar a usar sua marca e registrar. Nesse cenário, você é obrigado a trocar seu nome. Vale destacar que é importante que você utilize profissionalmente a marca que registrou. Para isso, você tem um prazo de cinco anos. 

Imagem profissional

Ter um nome e criar uma marca passa uma imagem profissional, garantindo mais credibilidade como artista, fator que é fundamental, principalmente para quem está no começo da carreira. Uma marca forte e registrada em conjunto com boas estratégias de marketing funcionam como excelentes aliados na busca do reconhecimento na sua área de atuação.

Se você deseja saber mais informações detalhadas e atualizadas sobre a vida e a carreira dos grandes nomes da música brasileira, pode acessar o site da NovaBrasil FM. A rádio separa os melhores conteúdos para você sobre Sandra de Sá e tantos outros cantores brasileiros. Clique aqui e confira.