“Chuva de prata que cai sem parar /Quase me mata de tanto esperar /Um beijo molhado de luz /Sela o nosso amor”. Um dos maiores sucessos de Gal Costa é a música “Chuva de Prata”, com mais de 300 mil visualizações no Youtube e o prestígio de uma canção que marcou gerações. Mas você conhece a história de carreira da cantora e compositora Gal Costa? Não? Fique com a gente para entrar no universo de Gal.

Conheça a trajetória e os maiores sucessos de Gal Costa
Conheça a trajetória e os maiores sucessos de Gal Costa. | Foto: Divulgação.

Quem é Gal Costa?

Gal Costa ou Maria da Graça Costa Penna Burgos, como foi batizada, nasceu em Salvador, Bahia, em 1945. Filha de Mariah Costa Penna, sua grande fã e incentivadora, Gal perdeu o pai logo cedo, mas teve na mãe uma grande referência. Desde a gravidez, dona Mariah colocava música clássica e passava horas ouvindo, com o intuito da criança nascer gostando e ambientada a esse universo, e ela estava certa. 

Gal que já trabalhava rodeada de muita música sendo balconista da principal loja de discos de Salvador, a Roni Discos, fez amizade com duas irmãs que anos depois lhe apresentariam seus grandes amigos musicais. Sandra Gadelha e Andreia Gadelha eram os nomes das mulheres e futuras esposas de Gilberto Gil e Caetano Veloso, respectivamente. Em 1963, Andreia apresentou Gal a Caetano e estes se tornaram grandes amigos e nutrem essa amizade até os dias de hoje. 

Com uma vida pessoal muito discreta, Gal teve muitos amores durante sua trajetória. Construiu também história em três lugares diferentes no Brasil, e cada lugar lhe foi casa por alguns anos: Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo. 

Confira a carreira de Gal Costa

Gal Costa fez sua estreia no mundo da música ao lado de Caetano, Gilberto Gil, Maria Bethânia, Tom Zé e muitos outros artistas durante uma apresentação do espetáculo “Nós, Por Exemplo…” na inauguração do Teatro Vila Velha em Salvador, no ano de 1964. 

Sua primeira gravação em disco foi realizada no álbum de estreia de Maria Bethânia (1965): o duo Sol Negro, com as canções “Eu vim da Bahia”, de Gilberto Gil e “Sim, foi você”, de Caetano Veloso. Três anos depois, a cantora participou do disco “Tropicália ou Panis et Circencis” com as canções: “Mamãe Coragem”, “Parque Industrial”, “Enquanto seu lobo não vem” e “Baby”. Esta última foi o seu primeiro grande sucesso solo que se transformou em um clássico da música brasileira. 

Em meados dos anos 1970, Gal Costa, junto com Maria Bethânia, Gilberto Gil e Caetano Veloso, formaram um grupo chamado “Doces Bárbaros” e rodaram o Brasil com uma turnê para comemorar os 10 anos de sucesso dos integrantes em suas carreiras individuais. Nesse período lançaram cerca de 15 canções e aproveitaram os shows para gravar um documentário sobre esse período da vida dos componentes, que foi dirigido por Jom Tob Azulay. 

“Doces Bárbaros” foi um dos mais importantes grupos da contracultura da época e chegou até mesmo a ser enredo da escola de samba Estação Primeira de Mangueira em 1994 com o enredo intitulado “Atrás da verde e rosa só não vai quem já morreu”. 

Nos anos seguintes, Gal Costa fez sucesso com canções que viraram trilha sonora de novelas, como “Modinha para Gabriela”, de Dorival Caymmi, e presente na novela Gabriela, Cravo e Canela, e “Brasil”, de Cazuza, presente na novela “Vale Tudo”. 

Gal segue sua carreira com mais de 40 álbuns lançados e centenas de músicas gravadas com seu timbre de voz potente e cristalino. Em 2015 lançou o disco “Estratosférica” em comemoração aos seus 50 anos de carreira, com participações especiais de artistas como Criollo, Artur Nogueira, Mallu Magalhães, Marisa Monte, Milton Nascimento, Tom Zé e outros grandes nomes do universo musical. 

3 curiosidades sobre Gal Costa

Uma mulher de personalidade e voz encantadora, Gal Costa possui algumas curiosidades sobre a carreira e a vida pessoal e você pode conhecer mais sobre sua vida aqui!

1- Amante de música desde muito nova, tem como principal referência o cantor e compositor João Gilberto. Sua admiração pelo artista iniciou ao ouvi-lo cantar “Chega de Saudade” na rádio e quando ele a conheceu, no início dos anos 1960, lhe chamou de “a maior cantora do Brasil”. Um grande reconhecimento para Gal.

2- A música London London composta por Caetano Veloso em seu exílio em Londres foi gravada pela artista que virou a porta voz dos amigos enquanto eles estavam exilados. Gal representava no país a resistência de seus amigos. 

3- Gal Costa fez parte do especial “Mulher 80”, da Rede Globo, um programa que reuniu grandes mulheres da época, como Elis Regina, Fafá de Belém, Zezé Motta, Marina Lima, Simone Bittencourt de Oliveira, Rita Lee para falar sobre o tema “mulher e a discussão do papel feminino na sociedade da época”. 

Para ver a homenagem do NovaBrasil à Gal Costa, basta acessar o “Aniversário de Gal Costa”, uma celebração aos seus 76 anos. 

Mais tocadas: veja os sucessos de Gal Costa no MPB

Entre os principais sucessos da carreira de Gal Costa estão: Baby, Um Dia de Domingo, Chuva de Prata, Meu Nome é Gal, Vapor Barato, Festa do Interior, Cuidando de Longe, Sonho Meu, Não Identificado e Divino, maravilhoso. 

Mas esses são apenas alguns dos nomes de canções entoadas pela artista que fizeram sucesso entre os fãs. A cantora acumula hoje mais de 1 milhão e meio de ouvintes mensalmente na sua plataforma do Spotify. 

O que não pode faltar na sua playlist? Confira 5 músicas de Gal Costa

Se você ficou interessado em ouvir as músicas de Gal Costa, iremos listar 5 canções que você não pode deixar de curtir. Fique ligado e adicione em sua playlist. 

1- Chuva de Prata

2- Baby

3- Aquarela do Brasil

4- Palavras No Corpo

5- Vapor Barato

Quer saber mais sobre este e outros artistas? Navegue pelo site da NovaBrasil FM e explore os artigos cheios de curiosidades sobre sua banda ou artista favorito.