Relembre a amizade inesperada de Elis e Rita Lee
Relembre a amizade inesperada de Elis e Rita Lee. | Foto: Acervo pessoal.

Assim que ficou grávida de seu primeiro filho, Rita Lee acabou sendo presa em 1976, mas contou com a ajuda inesperada para que pudesse sair da cadeia. A cantora conseguiu ser libertada graças ao esforço de Elis Regina. De onde surgiu essa amizade?

Elis foi a primeira e única pessoa a visitar Rita na cadeia, acompanhada de seu filho ainda bebê, João Marcelo. Ela não só prestou solidariedade à artista como também exigiu sua liberação. Todo esse ocorrido foi o estopim para que uma grande amizade surgisse entre as duas vozes mais queridas do Brasil. 

Ao longo da matéria você verá qual era a relação entre Rita Lee e Elis Regina, como elas se conheceram, como foi o dia em que Elis tirou Rita Lee da cadeia e como surgiu essa amizade inesperada. Continue a leitura!

A curiosa amizade entre as rainhas da MPB Elis Regina e Rita Lee
A curiosa amizade entre as rainhas da MPB Elis Regina e Rita Lee. | Foto: Reprodução/Instagram.

A relação entre Rita Lee e Elis Regina

Em entrevista à Band, Rita Lee conta que já tinha se cruzado várias vezes com a Elis Regina durante festivais, e que ela não gostava (mesmo) de “Os Mutantes”, rock n’ roll, guitarras e tudo que era relacionado ao rock. “A Elis passava várias vezes por mim e não me via”, afirma Rita. 

Por mais que Lee admirasse a voz da cantora, definitivamente não existia uma amizade entre elas. No entanto, Rita foi surpreendida quando foi presa, em 1976 e a primeira e única pessoa a visitá-la na cadeia foi Elis, como se fosse a maior amiga de todos os tempos.  

Acompanhada de seu filho João Marcelo ainda bebê, Elis ameaçou chamar a imprensa e queria muito ver Rita, pois já sabia da gravidez da cantora. Além de tudo, a amiga inesperada acreditava que tudo aquilo ali era uma besteira, uma coisa plantada. 

Rita Lee conta que todo mundo sabia que Elis era “number 1” e que não se contentou até vê-la bem. “Uma coisa impressionante, jamais esperei que ela fizesse isso”, completa.  

Por fim, Elis Regina, sabendo da situação da amiga após sair da cadeia, “devendo até a alma”, a chamou para fazer algumas coisas, pedir e gravar músicas e se abrir um pouco. Ambas foram desimpedido o caminho e quebrando a barreira que havia entre elas, tornando-se muito amigas. A amizade foi tão forte que Elis colocou o nome da filha de Maria Rita, em homenagem à grande amiga.

 

Como Elis e Rita se conheceram?

Naquela época, os Festivais da Record contavam com Mutantes e Tropicalismo. Conta-se que Elis passava “virando a cara”, sem sequer notá-los. Ela chegou a fazer parte de uma passeata contra o uso da guitarra elétrica na música brasileira. Elis era a última pessoa que Rita esperava que fosse visitá-la na cadeia.

No momento em que o carcereiro disse: “Oh, Ovelha Negra, tem uma cantora famosa aí que está rodando a baiana, dizendo que vai chamar a imprensa. Ela quer te ver. Aí o delegado mandou te chamar”,  Rita saiu da cela sem saber de quem se tratava, até ser surpreendida pela presença de Elis Regina. 

O dia em que Elis Regina tirou Rita Lee da cadeia

Rita Lee foi detida em 1976 por uso e porte de maconha quando ainda estava grávida de seu primeiro filho, Beto Lee. A cantora acredita que sua prisão foi feita de forma totalmente injusta, já que não fazia uso de substâncias ilícitas por causa da gravidez.  

Rita conta que tudo foi um carma louco, logo na primeira vez que engravidou foi presa inocentemente. Grávida e desamparada, a rainha do rock brasileiro encontrou uma luz no fim do túnel, uma ajuda inesperada.

Ela não achava que a pessoa que até então ela não se dava bem pudesse lhe apoiar em um momento tão difícil como aquele, Rita conta que jamais esperasse que Elis Regina fosse visitá-la na cadeira.  

Após o comunicado do carcereiro sobre ter uma cantora famosa “rodando a baiana” e ameaçando chamar a imprensa, Elis apareceu de mãos dadas com o seu filho, João Marcelo.

A cantora relata que ficou esperando uma Nossa Senhora do Rock e, de repente, se depara com Elis Regina de mãos dadas com o pequenino João Marcelo: assim que avistou Rita, soltou a mão do filho e lhe deu um abraço, perguntou como estava e que havia recebido a notícia através dos jornais que estava grávida e muito magra.  

Rita conta que Elis começou a falar duro com os policiais e que estava revoltada com toda a situação, ainda mais pelo fato da amiga estar grávida e ter sido presa injustamente.  

“O que ela berrou, o que ela aprontou lá dentro. E você pensa que os caras falavam alguma coisa? Não falavam nada. Ela baixinha cobrando: ‘Eu quero um médico já. Se não vier já, eu chamo a imprensa. Ninguém mexia com a Elis. Ela era do Olimpo. Que mãezona”, relata Rita sobre a ação de Elis ao chegar lá.  

Elis ainda mandou que comprassem comida para Rita, ela mesmo deu o dinheiro e pediu troco, ajudando-a como se fosse uma amiga de infância. Se antes daquele ocorrido havia alguma divergência entre as cantoras, a partir daquele dia, a  relação delas se intensificou de forma inesperada, surgindo uma longa amizade verdadeira e duradoura. 

Elis Regina faleceu em 19 de janeiro de 1982, mas seu legado ainda permanece até os dias de hoje, não só na cultura brasileira, mas também na memória de fãs e amigos queridos, como é o caso de Rita Lee, que sempre lembra da artista com carinho. 

Uma Rainha deve ser sempre celebrada, certo? Amanhã, nesse mesmo horário, você confere um episódio dedicado a cantores brasileiros que já homenagearam a Rainha do Rock! Então não perca mais um FORAS DE SÉRIE com RITA LEE.