‘Do Amor Não Vai Sobrar Ninguém’: Conheça as músicas novas de Paulo Miklos

Sabe aquela música que você sempre quis saber o que o artista quis dizer com ela? Como foi seu processo de criação da letra e melodia? Qual foi a inspiração para ela? Não se preocupe mais, o ‘DESVENDANDO FAIXAS’ vai te contar! O novo quadro da Novabrasil vai te ajudar a desvendar cada faixa do seu artista preferido, seja um lançamento ou um clássico – de um jeito leve, prático e compartilhável. Nossa estreia é com, nada mais, nada menos que Paulo Miklos.

Com recente estreia nas telonas como protagonista de “Jesus Kid”, o ator, cantor e compositor compartilhou com a gente o seu olhar sobre 3 faixas de seu novo álbum ‘Do Amor Não Vai Sobrar Ninguém’, já disponível nas plataformas digitais.

São 12 canções autorais, escritas durante a pandemia, quando ele e a esposa, a produtora Renata Galvão, ficaram em quarentena. Compor foi, também, a forma que Paulo encontrou de escapar da sensação de “sufoco” da pandemia.

Além de amor, liberdade e o desejo de sair de um momento difícil, que foi o da pandemia, são temas abordados por Paulo. Seu amigo de longa data, o eterno Sabotage, também foi homenageado em uma das canções.

Desvende agora, as faixas ‘É Assim Que Eu Sei’, ‘Do Amor Não Vai Sobrar Ninguém’ e ‘Sabotage Está Aqui’.

Paulo Miklos é o artista de estreia do ‘Desvendando Faixas’

 

‘É Assim Que Eu Sei’

Paulo Miklos: “É uma música que fala sobre os sinais que a outra pessoa, que a pessoa amada, dá pra gente. Quais são os sinais de que ela continua apaixonada, que ela está apaixonada, que ela quer namorar com a gente. Quais são esses sinais… todo casal tem uma sinalização especial.”

 

‘Do Amor Não Vai Sobrar Ninguém’

Paulo Miklos: “A música título do disco, do álbum. Ela fala sobre os casais e os riscos que a gente vive como casal para manter, se manter. O amor é tão exigente que a gente fica descaracterizado. Cada um dos lados do casal se diluem para fortalecer o casal. É um dos grandes riscos da paixão, numa vida de casado.”

 

‘Sabotage Está Aqui’

Paulo Miklos: “É uma homenagem que eu fiz para o meu amigo Sabotage, o rapper paulistano, que se transformou numa referência para todas as novas gerações da música brasileira, e que recebe homenagens com a sua imagem pintada nos muros das comunidades… é uma coisa muito emocionante para mim que conheci o Sabotage de perto, poder assistir essas homenagens todas. (…) Então eu fiz essa homenagem, que é uma canção que fala que ele continua, sobrevive e continua nos versos que ele compôs.”

 

Como prometido, o ‘Desvendando Faixas’ também está em vídeo no canal do Youtube da Novabrasil e também no Spotify. É só clicar para conferir e compartilhar da forma que preferir:

Em vídeo:

 

No Spotify: