Este conteúdo faz parte do Acervo MPB, podcast com áudio-biografias de grandes nomes da nossa MPB, escute aqui:

Ivete é cantora, compositora, multi-instrumentista, apresentadora, atriz, dança muito bem… uma verdadeira performer.

Ela faz um verdadeiro espetáculo em suas apresentações, carregada de potência vocal, presença de palco e carisma. Tudo o que Ivete lança vira hit e atinge as paradas de sucesso.

Ela nasceu em Juazeiro, no interior da Bahia, numa família muito musical – o que lhe rendeu um vasto conhecimento na área: além de cantar, compõe, toca violão e percussão muito bem.

– Começou a carreira aos 18 anos, cantando nos barzinhos de Salvador. O sucesso veio como vocalista da Banda Eva, espaço que ocupou com maestria entre 1993 e 1998, primeiro puxando foliões pelas ruas do Carnaval de Salvador e, depois, conquistando o Brasil inteiro.

Ivete Sangalo na época da Banda Eva

– Com a Banda Eva, Ivete eternizou grandes clássicos como Me Abraça, Arerê, Beleza Rara, Eva, Carro Velho, Vem Meu Amor e muitos outros. A banda era a maior sensação da época e chegava a fazer 30 shows por mês, consagrando Ivete como um dos maiores nomes do carnaval da Bahia.

– A Banda Eva ficou pequena para o tamanho de Sangalo. Em 99, ela lançou o seu primeiro álbum solo, o homônimo Ivete Sangalo, que lhe rendeu o disco de ouro. Nele, estão os grandes sucessos: Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim, balada romântica composta por Herbert Vianna e Paulo Sérgio Valle. Foi essa canção que alavancou a carreira solo da baiana.

– Depois disso, Ivete lançou um sucesso atrás do outro, mostrando toda a sua versatilidade, transitando entre o axé music, pop, reggae, samba-rock, soul, funk, forró e música eletrônica com maestria e consagrando-se de vez como uma das maiores cantoras da música popular brasileira.

– Ivete é uma das artistas que mais vendeu discos e DVDs musicais no Brasil. Ao todo, foram mais de 18 milhões de cópias. Gravou mais de 300 canções, fora as participações especiais.

– Alguns de seus maiores sucessos são: Sorte Grande, Quando a Chuva Passar, Não Precisa Mudar, Acelera, Na Base do Beijo, Tempo de Alegria e a clássica Festa.

– Ivete gravou músicas de vários compositores consagrados. O cantor Helbert Viana compôs especialmente para Ivete a música A Lua que Eu Te Dei. Tem também os clássicos na voz da rainha, como: Coleção, de Cassiano, Sá Marina, famosa na voz de Simonal e Tanta Saudade, de Chico Buarque e Djavan.

E não para por ai. Tem as parcerias com outros grandes nomes da MPB como: Roupa Nova, Jorge Ben Jor, Gilberto Gil, Jorge Aragão e Seu Jorge

No seu álbum Pode Entrar – Multishow Registro, que gravou em versão intimista dentro de casa, recebeu outros ícones da MPB como Maria Bethânia, Carlinhos Brown e Lulu Santos.

Em 2012, gravou um álbum inteiro ao lado de Gilberto Gil e Caetano Veloso, que inclusive ganhou o Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira.

Caetano Veloso, Ivete Sangalo e Gilberto Gil

Três anos depois, Ivete fez um show em homenagem a Tim Maia, ao lado de Criolo, que virou mais um disco da carreira.

Ela também gravou e se apresentou com nomes internacionais como Brian McKnight, Alejandro Sanz, Laura Pausini, Shakira e Stevie Wonder.

Com quase 30 anos de carreira, entre muitos prêmios (soma mais de 150, entre nacionais e internacionais), já recebeu 15 indicações ao Grammy Latino e ganhou três delas.

Conhecida internacionalmente, Ivete fez um show histórico no Madison Square Garden, complexo multiuso em Nova York, que já recebeu shows dos maiores nomes da música mundial como Madonna, Michael Jackson e Bob Marley. A cantora também já se apresentou em todas as edições do Rock in Rio Lisboa.

– Marcou também presença em shows de abertura dos maiores eventos esportivos do mundo como a Copa do Mundo, a Copa América, a Copa das Confederações e os Jogos Paraolímpicos.

– Em 2017, Ivete foi homenageada ao ser enredo da escola de samba Acadêmicos do Grande Rio, no carnaval carioca.

Ivete Sangalo do desfile da escola de samba Acadêmicos do Grande Rio

– E em 2021 foi o ano em que Ivete Sangalo se arriscou na carreira como apresentadora, e comandou o “The Masked Singer”, do reality show da Rede Globo de televisão. Acho que deu pra entender o tamanho de Ivete Sangalo na nossa música, né?