Djavan foi o grande homenageado da quinta edição do Prêmio UBC

Por: Novabrasil
15 de outubro de 2021

Na última semana, o cantor e compositor alagoano Djavan, um dos maiores nomes da nossa música popular brasileira, foi o grande homenageado da quinta edição do Prêmio UBC.

Realizada todo ano pela União Brasileira dos Compositores, a premiação – que acontece desde 2017 – homenageia grandes compositores da MPB pela relevância de sua obra. Já foram contemplados com o prêmio, cronologicamente: Gilberto Gil, Erasmo Carlos, Milton Nascimento e Herbert Vianna.

E Djavan merece demais ser celebrado, não só por sua obra original e atemporal, sofisticada e ao mesmo tempo popular, mas por ter influenciado uma gama de artistas da nossa música, atravessando gerações e fazendo parte da trilha sonora da vida de tanta gente.

Devido à pandemia, a edição deste ano, que aconteceu no dia 7 de outubro, foi online, mas não menos emocionante.

Com apresentações incríveis de nomes importantes da nossa música, representantes de diversas gerações da MPB, o prêmio contou com a presenta – por exemplo – dos veteranos Geraldo Azevedo; grande amigo e companheiro de Djavan; Erasmo Carlos; que fez o texto de abertura da premiação e declarou sua admiração pelo colega de profissão; e Paula Lima; que entrevistou Djavan e conversou com ele sobre a importância do prêmio em sua carreira.

Entre os artistas da nova geração, estavam Liniker, Anavitória e Anges Nunes, que fizeram apresentações brilhantes de grandes clássicos da carreira de Djavan e não deixaram de exprimir o quanto o alagoano influenciou suas carreiras e trajetórias musicais, como fez com grande parte dos artistas do nosso país.

Diogo Nogueira, Mart’nália e Criolo também se apresentaram no prêmio, organizado por Zé Ricardo, que cantou e contou histórias de sua trajetória artística ao lado de Djavan. Entre as canções apresentadas, estavam grandes clássicos como: Açaí, Lilás, Flor de Lis, Oceano, Pétala, Um Amor Puro, Mal de Mim, Samurai e Te Devoro.

Em seu site oficial, a UBC declarou: “Ao mesclar pop, jazz, MPB e instrumentos africanos, Djavan fez da versatilidade a sua marca. Com canções na mente e coração de todas as gerações, o autor alagoano está no topo do ranking dos maiores rendimentos no segmento de Música ao Vivo”

Diretor presidente da UBC, o compositor Paulo Sérgio Valle afirmou que “Djavan é um artista capaz de transitar por vários estilos musicais e jamais deixar de ser o maravilhoso Djavan, que, com sua magia, conquista a todos, como compositor e como intérprete”.

Com mais de 50 anos de carreira, Djavan está há mais de 32 anos no quadro de artistas da União Brasileira de Compositores e tem mais de 300 músicas registradas lá. “Fiquei comovido quando soube que ia receber esse prêmio. Para mim, é mais um incentivo na minha vida artística para que eu continue fazendo, fazendo e fazendo…” declarou o artista.

Quem quiser conferir, a transmissão do Prêmio está registrada no Canal do Youtube da UBC:

CULTURA, MPB, RADAR
 

DESTAQUES | PODCASTS