Vamos fugir!

Você conhece a história da música “Vamos Fugir” de Gilberto Gil? O cantor estava viajando pela Jamaica em 1984 junto com o produtor Liminha para gravar com a banda “The Wailers” (lendária banda de Bob Marley). Um dia Liminha acordou, pegou uma guitarra desligada, sentou no chão e começou a compor a estrutura da letra em inglês, a princípio, com base na frase “Gimme your love”. Mostrou o material para Gil e o baixista dos The Wailers começou a seguir a linha que Liminha havia esboçado.

 

Todos da banda assimilaram a música com muita rapidez! Liminha e o baterista se inspiraram na música “Is this love” para achar a batida que mais se adequava ao ritmo. Jimmy Cliff também estava presente no estúdio na ocasião e participou do processo criativo. Segundo Gil, a música foi feita a várias mãos, com todos criando e dando palpite ao mesmo tempo.

 

Em seguida, Liminha e Gil foram para Nova York gravar os vocais. Três americanas participaram dos backing vocals em inglês. A versão em português foi feita apenas quando chegaram ao Brasil. Gil utilizou a palavra “reggae” como elemento central que dava sonoridade e rimava com outras palavras.

 

“Vamos Fugir” foi uma canção muito marcante na carreira de Gil. Ele se afirmou como o cantor e compositor que traduziu o ritmo reggae no Brasil, gênero ainda pouco conhecido, mas com uma excelente resposta do público.  A música entrou como carro-chefe no álbum “Raça Humana e tocou tanto nas rádios brasileiras como nas americanas e europeias. Anos depois foi regravada pela banda Skank, em um arranjo voltado ao rock, conquistando o Prêmio Multishow de Melhor Música do Ano em 2005, 21 anos depois da composição da versão original.

Por Luciana Piva