Voltar

Blairo critica PF e diz que operação da carne vai mudar

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, criticou a Polícia Federal por “erros técnicos” na Operação Carne Fraca, que levou o presidente Michel Temer a convocar reunião de emergência no Palácio do Planalto. Foram contestados os usos de ácido cancerígeno, de papelão em frango e de carne de cabeça de porco. “Está claro no áudio que […]

Publicado em 20 de março de 2017

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, criticou a Polícia Federal por “erros técnicos” na Operação Carne Fraca, que levou o presidente Michel Temer a convocar reunião de emergência no Palácio do Planalto. Foram contestados os usos de ácido cancerígeno, de papelão em frango e de carne de cabeça de porco.

“Está claro no áudio que estão falando de embalagens e não de misturar papelão na carne”, disse o ministro. “Senão é uma idiotice.” O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, afirmou que “está escrito no regulamento” que a carne de cabeça de porco pode ser utilizada.

O governo criou força-tarefa para fiscalizar os 21 frigoríficos investigados. O anúncio foi feito em encontro com os embaixadores dos 33 países que mais importam carnes do Brasil. No final, eles foram convidados por Temer a jantar em churrascaria de Brasília. Temer disse que as falhas são pontuais.