Perfil do Artista

Mesmo com três discos gravados, diversas músicas em trilha sonora de novelas, discos dos quais participou, em 2012 Liah se inscreveu na primeira edição do programa ‘The Voice Brasil’ quando ficou entre as finalistas.

Por conta da sua versatilidade musical, recebeu o prêmio “Special Prize” no Festival Internacional de Loopstation na Alemanha, em 2011, além de ser primeiro lugar nas edições de 2010 e 2011 no Festival Brasileiro de Loopstation.

Participou de coletâneas de discos como: Elas cantam Paul McCartney (2008), Elas cantam Roberto Carlos” (2009), Tributo a Cazuza (2009) e, no mais recente projeto “Um Barzinho, um violão” (2013) interpretando a musica “Flagra” num arranjo elaborado no loop, explorando texturas e camadas de vozes.

Sua discografia é composta quatro álbuns: “Liah’ (2003 – EMI – com a música “O amor é mais”, na trilha sonora de “Malhação); “Perdas e ganhos” (2005 – EMI – com a musica “Tarde demais” novamente em “Malhação” e, “Perdas e Ganhos” na trilha da novela “Alta Estação”); “Livre” (2008 – Som Livre – com a música “Eu não vou deixar você tão só” na trilha sonora da novela Três irmãs da TV Globo).

Sua habilidade em escrever melodias interessantes e surpreendentes chama a atenção de artistas e críticos musicais, Inicialmente, suas composições chegavam aos artistas através de “demos”. Hoje, ao contrário, suas composições são buscadas e “encomendadas” por artistas de todo o país.

Já teve suas composições nas vozes de artistas de diferentes estilos musicais: Ivete Sangalo, Sandy & Jr., Maria Gadu, Ivan Lins, Wanessa, dentre outros.

Cantora, compositora e musicista, sua voz chegou ao grande público com as baladas “Garotas Choram Demais” (primeiro single a tocar nas rádios de todo o Brasil) e com “Poesia e Paixão” e logo veio o convite do cantor italiano Tizziano Ferro para o duo na música ‘Sere Nere’, do seu disco que seria lançado no Brasil e América Latina pela EMI.