Perfil do Artista

Marcos Valadão Rodolfo – Nasi (São Paulo/SP, 23/01/1962, vocais), Edgard Jose Scandurra Pereira – Edgard Scandurra (São Paulo/SP, 5/02/1962, guitarra), André Jungmann Pinto – André Jung (Recife/PE 12/05/1961, bateria) e Ricardo Gasparini – Gaspa (São Paulo/SP, 28/05/1958, baixo)

No início da década de 1980, Nasi e Edgard Scandurra começam a ensaiar juntos. Convidam o baicxista Adilson e o guitarrista Fábio para formar o Ira!. Em outubro desse ano, o grupo fez sua estreia no I Festival Punk da PUC São Paulo, tocando covers de Sex Pistols e Clash. No final daquele ano, Adilson deixa a banda em dezembro e é substituído por Vitor.

A partir daí, o grupo seguiu se apresentado no cenário underground paulista. Dois anos mais tarde o Ira! enfrenta sua primeira modificação: Dino entra no baixo e Charles Gavin, atual Titãs, assume a bateria. Neste mesmo ano assinatram contrato com uma gravadora e lançam o compacto “Pobre Paulista”.

No final de 1984, saem Dino e Charles, para a entrada de André Jung e Gaspa. Nessa época, acrescentam ao nome um ponto de exclamação.

O primeiro LP, “Mudança De Comportamento”, tem algumas músicas executadas em rádio, mas não emplaca nenhum hit. O grupo só teria o gosto de ser uma banda conhecida nacionalmente em 1986, com o lançamento de “Vivendo e Não Aprendendo”, o segundo LP. “Flores em você” tema de novela “O Outro”, exibida pela Rede Globo.

Em 1988, a banda lança seu terceiro disco “Psicoacústica”, mas não consegue reeditar o sucesso do anterior. No ano seguinte, os Integrantes do grupo se dedicam a projetos paralelos: Edgard lança um disco solo, enquanto Nasi e André produzem o álbum de estréia de Thaíd e DJ Hum, “Pergunte a quem conhece”.

Dois anos mais tarde, lançam o quarto álbum “Clandestino”, e emplacam mais um hit “Tarde vazia”. Chegaram a se apresentarem no New Musical Seminar, evento anual realizado em Nova York.

Edgard Scandurra também lançou discos solo. Em 1998, foram contratados pela abril Music, voltando às paradas com os discos Isso é Amor e MTV Ao Vivo.

Depois de um tempo sem produzir nenhum trabalho juntos, o Ira! lança o Acústico MTV, que marca o retorno da banda, em 2004, depois de um ano sem nenhum contrato com gravadoras. O álbum resgatou alguns hits antigos, como, “Flores em você”, “Núcleo base” e “Dias de luta”, além de faixas inéditas, com participações especiais de Samuel Rosa, Pitty e Paralamas.

Três anos mais tarde o grupo lança o disco “Invisível DJ”. Em setembro de 2007, após brigas com o irmão e empresário Airton Valadão, Nasi retirou-se da banda antes do Ira! entrar de ferias, que estava prevista para 2008.

Dois meses mais tarde, Edgard Scandurra anuncia por meio das redes sociais, que a banda Ira! teria terminado e que os membros restantes estariam agora com uma banda nova. A formação seria a mesma do grupo Ira!, exceto o vocal que agora seria assumido pelo guitarrista Edgard. O nome da banda é Trio.

Depois de uns ensaios e reuniões os remanescentes da banda decidiram não levar a frente o Trio, frustrando os fãs do extinto Ira!.

Em novembro de 2013, Nasi e Edgar Scandurra  anunciam a volta do Ira!.

Referências: Site oficial e Dicionário Cravo Albin de Música Popular Brasileira

Discografia: Mudança de Comportamento (1985) Vivendo E Não Aprendendo (1981) Psicoacústica (1988) Clandestino (1990) Meninos da Rua São Paulo (1991)Música Calma para Pessoas Nervosas (1993)7 (1996)Você Não Sabe Quem Eu Sou (1998)Isso é Amor (1999)MTV ao Vivo (2000)Entre seus Rins (2001)Ira! Acústico MTV (2004) Invisível DJ (2007)