Perfil do Artista

Ana Carolina (Ana Carolina Souza) Nascida em Juiz de Fora (MG) em 9 de setembro de 1974

Desde criança já absorvia vários estilos musicais. Sua avó cantava em rádio, seus tios-avós tocavam percussão, piano, cello e violino. Ana Carolina cresceu ouvindo ícones da música brasileira Chico Buarque, João Bosco, Maria Bethânia, entre outros. Também ouvia muita música internacional. Nina Simone, Bjork e Alanis Morrissete estavam entre as favoritas. Ainda na adolescência, iniciou a carreira de cantora apresentando-se em bares de sua cidade natal.

No início da década de 1990 largou o curso de letras e se mudou para o Rio de Janeiro. Em um show no Mistura Fina, Luciana de Moraes, filha de Vinícius de Moraes, se encantou com a sua voz grave e cheia de melodia. O elogio lhe rendeu um contrato com a BMG.

Em 1999, lançou seu primeiro álbum “Ana Carolina”. O CD foi considerado uma obra de arte, resgata os clássicos antigos da MPB, como “Beatriz”, “Alguém me disse” e “Retrato em branco e preto” de Chico Buarque,  e a canção que a levou para o estrelato: “Garganta” e “Tô saindo” de Totonho Villeroy. Foi através desse CD que Ana Carolina foi indicada ao Grammy Latino.

O segundo álbum, Ana Rita Joana Iracema e Carolina também foi um sucesso. Lançado em 2001, o nome do disco faz referência às músicas do cantor Chico Buarque, ídolo da artista. Esse disco revela toda a sensibilidade e irreverência da cantora ao gravar canções como “Quem de nós dois” e “Ela é bamba”.

O terceiro disco de Ana Carolina foi batizado de “Estampado”. Nesse CD de quinze faixas, encontra-se uma mescla de ritmos que confirmam a originalidade do seu trabalho. A personalidade forte e marcante que a cantora carrega são facilmente detectadas em treze canções de autoria própria.

EM 2003 lançou o CD coletânea, que reuniu canções de sucesso dos três primeiros álbuns e outras que não marcaram tanto sua carreira. Assim, ela lança mais um disco de destaque entre os já consagrados cantores da música popular brasileira.

Durante o projeto Tom Acústico de 2004, o show entre a parceria de Ana Carolina e Seu Jorge rendeu um CD e DVD, intitulado Ana e Jorge, que foi lançado no ano seguinte e obteve ótima receptividade pelo público e críticos musicais. A música “É isso aí” atingiu o primeiro lugar nas paradas de sucesso.

No final de 2005, a cantora se revelou bissexual, em entrevista a revista Veja, gerando polêmica e atraindo uma série de novos fãs do publico GLBTS. Ao longo da carreira, Ana Carolina ganhou muitos prêmios; o mais recente foi o prêmio Multishow 2006, nas categorias Melhor Cantora e Melhor CD (pelo trabalho “Ana e Jorge”) e o Prêmio Multishow 2007 na categoria Melhor Cantora.

Em 2006, presenteou os fãs com o CD duplo “Dois Quartos”, contendo exclusivamente canções inéditas. Ana recebeu uma indicação ao Grammy Latino, após sete anos sem ter indicações neste prêmio, na categoria Melhor Canção Brasileira, para “Rosas”.

Neste mesmo ano, Ana Carolina passou a integrar o corpo de apresentadoras do programa Saia Justa, no canal GNT. A presença da cantora e multi-instrumentista como única representante da área musical deixa o programa ainda mais interessante. Lançou em 2006 seu 6º álbum, Dois Quartos, com dois CDs, Quarto e Quartinho.

Em 2008, lançou o DVD “Multishow ao vivo Ana Carolina – Dois quartos”. O show reuniu canções consagradas, como “Pra Rua Me Levar”, “Encostar Na Tua”, “Quem de Nós Dois”, “Confesso” e “É Isso Aí”.

Em comemoração aos 10 anos de carreira, Ana Carolina lançou, em 2009, o CD “N9ve”. O nome sugere vários significados: o nome do disco não é por acaso: o nome Nove e a quantidade de faixas, faz uma alusão à data de nascimento de Ana Carolina, 9 de Setembro. Além disso, o primeiro CD da cantora foi lançado em 1999. Ainda há quem diga que a gravadora Sony Music disponibilizou uma tiragem de 99.999 cópias no lançamento do álbum. Ainda é possível observar que existe um quadro o qual, está um relógio marcando exatamente 9:00 horas.

Discografia: (2009) N9ve (Ana Carolina),(2009) Multishow registro – Ana Carolina um (Ana Carolina),(2008) Multishow ao vivo Ana Carolina – Dois quartos (Ana Carolina), (2006) Dois Quartos (Ana Carolina), (2005) Ana e Jorge ao vivo (Ana Carolina e Seu Jorge),(2003) Estampado (Ana Carolina), (2001) Ana Rita Joana Iracema e Carolina (Ana Carolina) (1999) Ana Carolina (Ana Carolina)

Referências: Dicionário da Música Brasileira Cravo Albin, Wikipedia