Como uma onda…

Voltar

A música “Como uma onda”, interpretada por Lulu Santos, foi composta em parceria com o compositor e jornalista Nelson Motta em 1983 para um longa metragem do cineasta Antônio Calmon chamado “Garota Dourada”, pretendendo pegar carona no sucesso de “Menino do Rio”, espetacular sucesso de bilheteria na época.  Mas a produção do filme foi tão demorada que, quando foi lançado (sem muito sucesso), a música já era um hit nacional e fez parte do álbum “O Ritmo do Momento”.

Apesar de ser mais ligado ao rock, em “Como uma onda” Lulu fez um bolero com referências de música havaiana, em uma pegada mais moderna e pop.  Nelson Motta se inspirou em “A vida vem em ondas como o mar”, de Vinícius de Moraes no poema “Dia da Criação”. Para que a canção não ficasse muito séria, nem parecesse pretensiosa, o conceito foi puxado para o mundo do surf.

“Nada do que foi será / De novo do jeito que já foi um dia / Tudo passa, tudo sempre passará / A vida vem em ondas como o mar / Num indo e vindo infinito”. Nessa certeza de que tristezas e alegrias passarão e voltarão sempre, a música tocou o coração do público em um clima de celebração da vida e ao mesmo tempo como consolo para as dores do mundo e até hoje é cantada como uma oração. Em 2016 os dois lançaram o álbum “Lulu e Nelsinho”, uma coletânea de 16 faixas lançadas desde 1981, compostas pela dupla e gravadas pelo cantor, além de uma inédita.

 

cd-lulu-santos-o-ritmo-do-momento-um-certo-alguem-tudo-D_NQ_NP_966101-MLB20274548206_042015-F

Álbum “O Ritmo do Momento” de Lulu Santos

62996309_SC-Rio-de-Janeiro-RJ-28-11-2016-Lulu-Santos-e-Nelson-Motta-estao-la

Parceria de sucesso: Nelson Motta e Lulu Santos